Justificativa

Quase toda disciplina científica usa o conceito de informação dentro de um contexto e com relação à fenômenos específicos. A Teoria Unificada da Informação de Hofkirchner (2009) aponta uma necessidade de integrar todas as teorias que buscam esse conceito em um único conceito genérico de informação. Pode-se observar também que existem pontos comuns nas definições propostas pelos autores da Ciência da Informação (CI). Em ciências naturais, como na Física e na Biologia, percebe-se uma preocupação entre os autores na necessidade de uma definição sobre o termo. Porém, na Mecânica Quântica existe uma linha que direciona a busca pela informação para o meio ontológico.

A Teoria Geral da Arquitetura da Informação (TGAI) proposta por Lima-Marques (2011) possui uma visão ampliada de seu domínio de atuação, o que dificulta a sua comprovação pela observação em meios específicos. A adoção de fundamentos da Física Quântica para a Arquitetura da Informação se revela como uma interessante referência para a consolidação da proposta deste conceito em modelos mais genéricos e com explicações científicas mais adequadas.

Referências:

HOFKIRCHNER, W. How to achieve a unified theory of information. tripleC, v. 7, n. 2, p. 357-368, 2009.

LIMA–MARQUES, M. Outline of a theoretical framework of Architecture of Information: a School of Brasilia proposal. In: BEZIAU, J.-Y.; CONIGLIO, M. E. (Eds.). Logic without Frontiers: Festschrift for Walter Alexandre Carnielli on the Occasion of His 60th Birthday. London: [s.n.], 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *